17°

Poucas nuvens

Três de Maio - RS

Especiais História

Sociedade Cooperativa da Produção de Álcool, Aguardente, Açúcar e seus derivados

A Sociedade Cooperativa da Produção de Álcool, Aguardente, Açúcar e seus derivados Três de Maio foi fundada em 21 de junho de 1936.

04/10/2021 às 09h47 Atualizada em 04/10/2021 às 11h17
Por: Leomar Tesche
Compartilhe:

É de conhecimento público que o Associativismo, ou seja, o Cooperativismo teve o seu início no Brasil quando o suíço e Padre da ordem dos Jesuítas Theodor Amstad no cumprimento de sua missão evangelizadora, fomentou ideais de união cooperativa para o desenvolvimento econômico-social de toda uma região sul do Brasil. Ações que cresceram e seguem dando frutos pelo país. Hoje, é reconhecido como Patrono do Cooperativismo Brasileiro. O mesmo trouxe a vivência do envolvimento familiar com o associativismo e da juventude em meio a transformações sociais ocorridas na Europa do século XIX, como surgimento do cooperativismo.

Em Três de Maio, ainda como distrito de Santa Rosa, a ideia e a observação de que havia grandes possibilidades de aproveitar a produção dos agricultores e industrializar essa produção: a cana de açúcar e a mandioca. Lembrando das falas do Padre Amstad que abordavam os problemas locais, exaltavam a importância do agricultor e das riquezas produzidas, e objetivavam uni-los em associações cooperativas, para que assim pudessem evoluir economicamente; orientavam, mas cobravam ações concretas.

Funda-se, de acordo com o livro de Atas da Assembleia Geral da Constituição da Sociedade Cooperativa da Produção de Álcool, Aguardente, Açúcar e seus derivados Três de Maio – Município de Santa Rosa, aos 21 dias do mês de junho de 1936 a Cooperativa, às 10 horas da manhã na sala nobre da Subprefeitura.

Seus fundadores, de acordo com o Livro de Atas foram: Fortunato Casali, Egidio Da Ros, João Nicoletti, Ernesto Da Ros, Francisco Rossi, Armando Spillari, Julio Bombardeli, Ricardo Tesche, todos agricultores, residentes no 2º e 7º distrito do município de Santa Rosa.   

Alguns dos objetivos relacionados nos 64 artigos do Estatuto da Cooperativa:

(...) tem por fim a união de todos os agricultores produtores de álcool, aguardente, assucar (sic) e seus derivados, residentes no segundo (Três de Maio) e sétimo (Tucunduva) distritos a produção, padronização, industrialização e venda de produtos e subprodutos da cana de açúcar e mandioca e derivados;

(...) a Sociedade fomentará e facilitará aos associados a compra de máquinas e utensílios apropriados aos fins de suas lavouras e indústrias de cana e da mandioca;

(...) combater as pragas da lavoura em geral;

Eleitos os representantes no Conselho de Administração: Egydio Da Ros (Presidente), Ricardo Tesche (Diretor Comercial), Pedro Perin (Diretor Gerente).

A referida Cooperativa estava totalmente legalizada, vide documentos em anexo. Anos seguintes não se tem mais notícias e ou informações sobre a vida da referida Cooperativa, ela simplesmente desaparece. Mesmo assim a importância do levantamento do quanto Três de Maio teve um grande número de indústrias e comércio mesmo estando em um nível de classificação como distrito da então Santa Rosa.

Jornal A Serra- Santa Rosa, 5 de julho de 1936

* Agradeço a Profª Carla Matzenbacher pela cedência dos documentos 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Leomar Tesche
Leomar Tesche
Sobre
Três de Maio - RS Atualizado às 06h02 - Fonte: ClimaTempo
17°
Poucas nuvens

Mín. 16° Máx. 33°

Qui 31°C 17°C
Sex 30°C 18°C
Sáb 28°C 18°C
Dom 27°C 18°C
Seg 28°C 16°C
Horóscopo
Áries
Touro
Gêmeos
Câncer
Leão
Virgem
Libra
Escorpião
Sagitário
Capricórnio
Aquário
Peixes
Enquete