19°

Poucas nuvens

Santa Rosa - RS

Geral Gestão,Negócios&Cia

Criatividade e inovação

A inovação finalmente entrou na pauta de governos, políticas públicas e na “moda” no Brasil e já pode-se ver resultados com a melhora da posição no ranking do Índice Global de Inovação, onde o país ainda tem muito a avançar.

22/09/2021 às 08h44 Atualizada em 22/09/2021 às 08h54
Por: Marcelo Blume
Compartilhe:
Criatividade e inovação

A inovação finalmente entrou na pauta de governos, políticas públicas e na “moda” no Brasil e já pode-se ver resultados com a melhora da posição no ranking do Índice Global de Inovação, onde o país ainda tem muito a avançar. Os Estados do Rio Grande do Sul e Santa Catarina demoraram para criar programas estruturantes de inovação, mas já aparecem como o 5º e o 6º, Estados respectivamente, com mais inovação no país. 

Globalmente os países mais inovadores são Suíça, Suécia, Estados Unidos, Reino Unido, Holanda, Dinamarca, Finlândia, Singapura, Alemanha, Israel e Coreia do Sul. Entender como chegaram ao topo da lista é fundamental e um ponto em comum em todos os casos é o estímulo à criatividade e o desafio ao aprimoramento da inteligência dos envolvidos. Nestes países, criatividade e inovação está envolvida com a cultura, com a forma de agir de pessoas e organizações, há muitos anos. 

"Criatividade não é um talento. É uma forma de agir", conforme a frase célebre de John Cleese. Sabe-se que o QI (Quociente de Inteligência) não é garantia de um trabalho de sucesso, nem de prosperidade, que são influenciados mais pela criatividade, do que pela inteligência. Gênios reconhecidos pela sua criatividade são capazes de reunir elementos aparentemente contraditórios de forma incomum e inesperada. A análise mostra que apesar de cada um ter seu estilo e seu método Wolfgang Amadeus Mozart, Albert Einstein e Pablo Picasso, tinham características em comum para expressar a criatividade em suas respectivas artes. Mais do que inteligência e criatividade, ao ler suas biografias, fica claro que eles tinham a determinação necessária para dominar suas áreas, o que fez toda a diferença na vida e na obra de cada um.

Determinação é um fator que aparece com muita frequência nas pesquisas sobre sucesso pessoal e profissional, especialmente ligados a inovação e criatividade. Determinação pode ser muitas vezes tão ou mais importante que o talento pessoal para determinada atividade. É bastante comum os casos de pessoas muito talentosas, que ao não seguir aperfeiçoando suas competências, tem carreiras curtas e são superados por outros com mais determinação. 

Os gênios, do passado e do presente, podem ser analisados e reconhecidos pela perseverança, concentração e foco absoluto naquilo que eles querem fazer de melhor. Dedicação acima da média parece ser pré-requisito ao status de gênio numa profissão, arte, esporte, função, ou posição. Einstein, por exemplo, tinha uma inteligência altíssima, mas diversos indicativos mostram que ele amava e era obcecado em buscar a sua teoria da relatividade, estando sempre curioso e disposto a estudar ideias novas e radicais. 

Criatividade e inovação são alcançadas com determinação, dedicação, esforços em longos períodos focados naquilo em que se acredita. Também é preciso ter a coragem suficiente para abraçar o desconhecido, abrindo novos caminhos e formas de pensar. A disposição para arriscar-se, deixar o conforto da forma de fazer e pensar é fator chave para ações criativas e inovadoras. O ápice de uma carreira dificilmente é alcançado sem risco e sem lidar com o que ainda não conhece. 

Arriscar mais para ter melhores resultados está presente nas ações dos que são considerados gênios da criatividade e inovação ao longo da história como Einstein, Mozart, Picasso, dentre outros, que valorizaram seus processos de trabalho, tanto quanto os resultados, pois viam os obstáculos para aprender, criar, inventar e fazer algo além, como oportunidades para conseguir progredir mais a cada dia. Uma declaração conhecida de Einstein é "Eu não tenho nenhum talento especial. Sou apenas alguém profundamente curioso." Outra revelação foi feita por Mozart quando disse que as pessoas pensam que era fácil para ele, mas que no entanto, ele dedicava-se muito mais tempo numa composição do que todos os demais músicos que ele conhecia.

Determinação e curiosidade são componentes que acompanham os gênios da inovação e criatividade, há séculos. Vamos aprender com eles.

Um abraço e até a próxima!

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Gestão,Negócios & Cia
Gestão,Negócios & Cia
Sobre Marcelo Blume é Administrador, Especialista em Marketing e Mestre em Engenharia de Produção. Vice-diretor da FAHOR e professor convidado em diversas IES, também é sócio e consultor da Referenda Consultoria, palestrante, pesquisador e escritor, com artigos e 4 livros publicados na área de gestão.
Santa Rosa - RS Atualizado às 06h35 - Fonte: ClimaTempo
19°
Poucas nuvens

Mín. 17° Máx. 28°

Ter 31°C 16°C
Qua 31°C 16°C
Qui 34°C 17°C
Sex 37°C 19°C
Sáb 31°C 17°C
Horóscopo
Áries
Touro
Gêmeos
Câncer
Leão
Virgem
Libra
Escorpião
Sagitário
Capricórnio
Aquário
Peixes
Enquete